Apatia: o que isso significa e como lidar com este transtorno?

A apatia é um estado emocional onde o indivíduo perde o interesse e o ânimo pelas situações práticas da vida. Leia mais a seguir!

Sabe aqueles momentos em que você está tão desanimado que não encontra nem forças para seguir em frente? Já se sentiu como se aquilo dominasse até o seu corpo, fazendo com que você pense que qualquer sentimento positivo seja inalcançável? Isto é apatia.

A apatia é um estado emocional que impede as pessoas de realizar simples tarefas. Essa desmotivação profunda é um desafio gigante a ser superado, mas não é impossível. Afinal, é algo que deve ser aniquilado para conseguirmos seguir nossas vidas e conquistar nossos sonhos.

Apatia: o que isso significa?

Quando nada mais importa e o sentimento que fica é o de “vazio por dentro”, estamos falando de apatia. É normal passar por esse tipo de sentimento. Em pequena ou grande escala, todos passam por momentos assim.

Quando a motivação falta, fica extremamente difícil reagir a praticamente qualquer coisa. É como se a pessoa vivesse sempre “em segunda fase”, gastando pouquíssimo de sua energia.

A apatia é algo que interfere consideravelmente na realização das tarefas, mas é muito mais nas emoções que seu impacto acaba sendo negativo, podendo até parecer depressão. Na realidade, há quadros de depressão em que o indivíduo apresenta apatia, mas não é algo imprescindível para a doença.

Assim, não é nada legal viver em um mundo sem brilho, ou sem nada interessante o suficiente para ser vivido. E, ao perceber que este desânimo intenso está sendo constante, é importante entender também de onde ele está vindo para poder afastá-lo.

Quais os geradores mais comuns?

São diversos os motivos que podem levar uma pessoa a se sentir emocionalmente vazia. Vejamos quais são os mais comuns a seguir:

Questões físicas, como falta de algumas vitaminas ou de uma noite de sono tranquila são supercomuns para desenvolver este quadro. Ainda outros fatores como infecções, lesões no cérebro, uso constante de drogas e falta de atividade física também culminam para o estado apático. Além disso, problemas psicológicos, como depressão, transtorno bipolar ou de ansiedade também possuem forte ligação com o estado letárgico de indiferença.

Existem ainda outras situações que corroboram para este transtorno. Por isso, é importante sempre visitar um especialista periodicamente para fornecer o melhor diagnóstico e, assim, ajudar a reverter a situação.

Como lidar com o estado apático?

Reconhecer os seus sentimentos, ou no caso a falta deles, já é um grande passo para conseguir tratar o transtorno. Às vezes, pode ser difícil reconhecer que o que a pessoa está sentindo é mais que um simples desânimo. Mas, caso venha a perceber que se trata de um estado apático, é interessante começar a perceber a sua origem.

Quando está tudo ok com a saúde corporal, talvez seja a hora de mudar o mindset. Afinal, a apatia é uma sensação extremamente íntima do ser que pode ser libertada quando passamos a ver as coisas de uma outra forma.

Se você, ao ler este artigo, se identificou com o transtorno e a sensação é a de total desânimo, sem perspectiva de mudança, a melhor solução é procurar ajuda profissional!  

Inclusive, você empresário que precisa de orientação para o seu ambiente corporativo, entre em contato com a gente!

COMPARTILHE: